Como funciona a terapia de Psicanalise?

Antes de adiantar como é a terapia de psicanálise, é importante explicar o que é esse tipo de tratamento. A psicanálise é tanto uma teoria da mente humana quanto uma prática terapêutica. A psicanálise e a psicoterapia analítica têm suas raízes no trabalho realizado pelo médico neurologista Sigmund Freud.
Freud, a partir do estudo sistemático de pacientes portadores de sofrimento psíquico e da aplicação do método analítico para o alivio desse sofrimento, introduziu uma série de conceitos teóricos e recomendações técnicas que serviriam de alicerce para o desenvolvimento da ciência psicanalítica, constituindo sua base até os dias de hoje.
No geral, a psicanálise é para pessoas que se sentem presos em problemas psíquicos que impedem o seu potencial para experimentar a felicidade com seus parceiros, amigos e familiares. Também sentem dificuldades em obter sucesso e satisfação no trabalho ou em tarefas normais da vida cotidiana.
Uma sessão de psicanálise não é igual a outra, pois depende de diversos fatores. Mas, ao conversar com um analista em um ambiente seguro, possibilita a pessoa a tornar-se cada vez mais consciente de suas partes anteriormente desconhecidas do mundo interno (pensamentos, sentimentos, memórias e sonhos).
Portanto, a psicanálise faz com que o paciente enfrente sentimentos dolorosos ou  indesejáveis, pensamentos e impulsos. Com isso, gera reflexão e autoconhecimento. Também há o feedback do especialista sobre esses fatores conforme as sessões.
Com esse tipo de terapia, há certo alívio na “dor” psíquica, promovendo o desenvolvimento da personalidade e proporcionando uma autoconsciência, a qual reforça a confiança da pessoa para perseguir seus objetivos.
Os efeitos positivos da psicanálise vão perdurar e permanecer mesmo após o fim da terapia, pois é por causa dela que a pessoa pode conseguir lidar com os seus problemas em sua raiz.

Conte-nos sua experiência e comente se este artigo foi útil para você.

WordPress spam blocked by CleanTalk.